Home
Wednesday, 23  de August de 2017 |   Adicionar aos Favoritos  |    Indique a um Amigo        
Foto
Ajude Sou Contra Curiosidades Contate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

Noticia

Projeto quer ambulâncias para cães e gatos em São Paulo
14/08/2013 - 00:00h


 

 
 Se aprovado, um veículo de atendimento móvel realizará os serviços de castração, vermifugação, vacinação e cirurgias em áreas de baixa renda 


 

  

  
 
 




 
 

Thye Aun Ngo/Getty Images/iStockphoto

Projeto quer ambulâncias para cães e gatos em São Paulo

 Um projeto de lei quer instituir o Serviço de Atendimento Médico Móvel de Urgência Veterinário (SAMUV) para cães e gatos na cidade de São Paulo. Se a proposta for aprovada, um veículo de atendimento móvel realizará os serviços de castração, vermifugação, vacinação, primeiros socorros, coleta de material para exames e cirurgias emergenciais de pequeno porte gratuitamente em áreas onde for constatado grande número de animais e de população de baixa renda.

 
Apesar de ser um serviço denominado de urgência, os veículos do SAMUV não atenderão a chamados. O itinerário com as regiões a serem atendidas serão divulgados em site próprio, com horário de atendimento, trinta dias antes. Será preciso fazer um cadastro para ter o animal examinado.
 
Segundo a assessoria de imprensa do vereador Nelo Rodolfo (PMDB), autor do projeto, o custo da implantação do serviço é de 300.000 reais por veículo, que deverá ser equipado com cirurgião, anestesista, assistente, motorista e educador para explicar a importância da vacinação e das necessidades básicas do animal.
 
Os valores decorrentes do projeto de lei serão pagos por dotações orçamentárias próprias, e ficará a cargo do poder público determinar o tipo e a quantidade de veículos suficientes para atender a demanda da cidade. O projeto deixa aberta a possibilidade de patrocínio de empresas privadas com vacinas, vermífugos e instrumentos cirúrgicos.
 
O documento foi apresentado no dia 1 de agosto e recebido pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal. O projeto ainda deve passar pelas comissões de Saúde, Política Urbana e Orçamento e Finanças. A expectativa é que até o fim do ano a proposta passe pela primeira votação. 


 
Fonte: cenariomt.com.br

Rodapé Rodapé
|   Home    |   Ajude    |   Sou contra     |   Curiosidades    |   Contate-nos    |   Login    |   FÓRUM    |   Perguntas Freqüentes   |